Área do Corretor

Faça seu login com as suas credenciais.

Informe seu contato

Verifique o preenchimento dos campos destacados
Sua mensagem foi enviada com sucesso.

Blog

19 de setembro de 2018

7 perguntas e respostas sobre a análise de crédito para imóvel

Para quem está procurando uma nova casa, o planejamento financeiro da operação é muito importante. É uma etapa que vai indicar qual tipo de negócio o comprador terá condições de realizar. Mais especificamente, é a análise de crédito para imóvel que vai apontar o montante que ele poderá dispor para a compra.

Porém, é comum que apenas depois de escolher o imóvel os compradores iniciem os procedimentos para a avaliação da sua capacidade de endividamento. Como você vai ver neste post, essa prática é arriscada, pois nem sempre o processo é ágil e corre-se o risco de até perder o imóvel escolhido.

Confira quais são as principais dúvidas no que se refere à análise de crédito para imóvel e saiba o que você pode fazer para não ter surpresas no momento de comprar sua casa ou apartamento!

1. O que é análise de crédito para imóvel?

A análise de crédito é um processo de avaliação do potencial financeiro de quem solicita um empréstimo ou financiamento a um banco para adquirir um imóvel. Nenhuma instituição libera algum tipo de valor ao cliente sem realizar essa checagem.

Para fazer a avaliação, o banco analisa documentos pessoais, informações relativas aos rendimentos e históricos de cobranças e pagamentos do solicitante. Ao final do procedimento, o cliente saberá qual valor aquela instituição financeira poderá lhe conceder.

2. Por que é preciso fazer a análise de crédito?

É por meio deste procedimento que o banco pode medir o potencial de retorno do crédito eventualmente concedido ao cliente e os riscos envolvidos na operação. A instituição precisa se proteger contra a inadimplência e garantir que terá a remuneração projetada ao conceder o empréstimo.

Para o cliente, a análise de crédito também é importante, pois permite que ele conheça os seus limites. Isso evita, por exemplo, que em um momento de empolgação o cliente feche um negócio com elevado comprometimento de sua renda, o que pode se transformar num grande problema no futuro.

3. Quais são os documentos solicitados na análise de crédito?

Na análise de crédito são avaliados documentos pessoais do solicitante, incluindo a sua comprovação de renda, além da documentação do vendedor e do imóvel, conforme a lista a seguir:

Documentos do comprador

  • CPF;
  • RG;
  • Certidão de casamento ou de nascimento;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de propriedade de bens dados como garantia do empréstimo (se o banco solicitar).

Comprovantes de renda do comprador

  • Contracheque;
  • Holerite;
  • Cópia da declaração do imposto de renda;
  • Extratos bancários referentes aos últimos três meses.

Documentos do vendedor

  • CPF;
  • RG;
  • Comprovante de endereço.

Documentos do imóvel

  • Matrícula atualizada;
  • Carnê do IPTU.

Como cada banco tem protocolos próprios para realizar a análise de crédito de seus clientes, a documentação exigida pode variar de instituição para instituição. Caso o comprador seja casado, o cônjuge também terá que apresentar seus documentos pessoais e comprovantes de renda.

4. Como funciona a análise de crédito?

O processo é dividido em algumas etapas. Primeiramente é preciso apresentar a documentação que listamos acima. É fundamental que todos os dados fornecidos sejam absolutamente fiéis à realidade para facilitar a avaliação e evitar problemas no futuro.

A etapa seguinte é a análise de eventuais restrições cadastrais do comprador. O banco faz uma busca para tentar localizar pendências financeiras de quem solicita o empréstimo, consultando, entre outros mecanismos, cadastros como o SPC e Serasa.

Se não houver impedimentos, a instituição calcula, com base na renda do cliente, o valor possível do crédito a ser liberado. Se tudo estiver certo com os documentos, você estará apto a realizar a operação.

5. Análise de crédito é o mesmo que simulação de financiamento?

Não. São dois procedimentos diferentes. A simulação de financiamento é uma forma do cliente conhecer as condições do empréstimo que poderá receber. A partir de informações como o valor do imóvel, a sua renda e a entrada que será dada na operação, ele terá ideia de como se comportará o contrato.

É uma maneira de saber, por exemplo, qual será o valor das prestações, qual a taxa de juros e o tempo necessário para quitar o débito. Mas, como o nome diz, é apenas uma simulação, sem o compromisso de que aquelas serão as condições exatas do financiamento.

Já a análise de crédito é feita com informações precisas sobre as finanças do cliente e resulta em uma proposta concreta. Aponta o limite de crédito que pode ser concedido e como o financiamento será quitado.

6. Quando deve ser feita a análise de crédito?

Por hábito, os compradores primeiro procuram pelo imóvel para depois providenciar o crédito para comprá-lo. Este comportamento é arriscado, pois o processo de aprovação pode demorar mais do que o previsto e outra pessoa pode comprar a casa ou apartamento que você escolheu.

Além disso, o crédito liberado pelo banco pode não ser suficiente para que você adquira aquele imóvel especificamente, o que também inviabiliza o negócio. Em ambos os casos, além do tempo perdido, fica a frustração de não conseguir adquirir o bem escolhido.

O ideal é ter o resultado da análise de crédito em mãos quando iniciar a busca pelo imóvel. Assim, você sabe exatamente qual a sua capacidade de pagamento e pode limitar a pesquisa aos imóveis que se adéquam àquelas condições.

7. O que acontece se o crédito aprovado for maior que o valor do imóvel?

Você pode utilizar apenas o montante necessário para adquirir o imóvel que escolheu. A aprovação não obriga o cliente a utilizar todo o valor. Na verdade, você sequer está obrigado a contratar o empréstimo com aquela instituição.

Geralmente, os bancos liberam créditos suficientes para financiar até 80% do valor do imóvel. Ou seja, independentemente da instituição, você terá que desembolsar os 20% restantes na entrada no momento em que fechar o negócio.

Estas são as dúvidas mais comuns no que se refere à análise de crédito para imóvel, uma etapa muito importante do processo de financiamento da aquisição de uma casa ou apartamento.

Sempre que possível, antecipe esse procedimento para saber exatamente quais bases do negócio você tem capacidade financeira de executar.

Você tem outras perguntas a respeito da análise de crédito? Então deixe um comentário no post.

Inscreva-se em nossa newsletter!

E receba promocões e novidades do mercado de ímovel no seu email

Central de Vendas
(65) 3627.5555
Assessoria de Imprensa
(65) 3056.7280
Locação
(65) 3056.7219