Área do Corretor

Faça seu login com as suas credenciais.

Informe seu contato

Verifique o preenchimento dos campos destacados
Sua mensagem foi enviada com sucesso.

Blog

17 de julho de 2019

Conheça os jardins verticais e saiba como ter um!

Quem disse que morar em apartamento distancia as pessoas do contato com a natureza? Mesmo vivendo a alguns andares de distância do solo é possível desfrutar dos benefícios que o verde das plantas propicia. E isso pode ser obtido por meio dos jardins verticais.

A técnica, cada vez mais utilizada tanto em ambientes internos quanto externos, proporciona melhor qualidade de vida aos moradores de um apartamento. Também pode garantir charme e beleza para o ambiente.

Confira agora por que montar jardins verticais é uma ótima decisão e veja algumas dicas sobre a melhor forma de instalar um no seu apartamento!

Vantagens dos jardins verticais

Com o crescimento das grandes cidades, os espaços verdes estão cada vez mais escassos. Mesmo que o poder público se empenhe em criar praças e parques para preservar locais onde se possa desfrutar da natureza, o contato com o verde nem sempre é possível.

E para quem mora em apartamento e faz questão de sentir o frescor típico das plantas, basta uma parede para reproduzir um microclima saudável dentro de casa. Internos ou externos, os jardins verticais garantem uma série de benefícios aos moradores. Confira!

Melhoram a qualidade do ar

Não é nenhuma novidade o poder restaurador das plantas no ar que respiramos. É por isso que, especialmente nos grandes aglomerados urbanos, os espaços verdes são tão importantes. Eles controlam a poluição e renovam o oxigênio.

Os jardins verticais também refrescam o ambiente nos dias quentes. Na área externa, por exemplo, como na fachada de um prédio, estima-se que é possível reduzir em até 30% a concentração de gases poluentes no entorno por meio de um jardim vertical.

Controlam a acústica e a temperatura

Outro benefício dos jardins verticais que reflete diretamente na qualidade de vida das pessoas é a redução da poluição sonora. A vegetação funciona como um isolante, absorvendo os ruídos no ambiente onde está instalado.

O mesmo ocorre com o calor, já que o jardim vertical isola termicamente o cômodo, garantindo conforto e bem-estar.

Preservam o meio ambiente

As vantagens do jardim vertical não se limitam à região onde ele está instalado. A pequena área verde contribui para a preservação ambiental de forma mais ampla, como se fizesse parte de um sistema maior.

Os jardins verticais, especialmente os instalados em áreas externas, garantem maior retenção das águas da chuva, o que não ocorre com facilidade em áreas com muito asfalto. Isso auxilia, inclusive, na prevenção de enchentes.

Além disso, esse tipo de instalação permite o crescimento da biodiversidade na região e ajuda a combater as ilhas de calor, que são os pontos onde a urbanização excessiva provoca o aumento das temperaturas.

Valorizam o apartamento

Além dos benefícios acima, os jardins verticais são a melhor opção para inserir um pouco de verde no apartamento. Eles valorizam o ambiente e o próprio imóvel. A variedade de modelos de instalação e de espécies de plantas que podem ser utilizadas permite criar diferentes projetos, que propiciam mais charme e funcionalidade.

Um jardim vertical pode ser utilizado como uma divisória entre dois ambientes, por exemplo. Também não há restrição quanto à área do apartamento onde ele pode ser instalado. Dos dormitórios aos banheiros, quase todos os lugares são valorizados com uma decoração de bom gosto.

Dicas para montar o seu jardim vertical

A variedade de estilos, formatos e tipos de plantas que podem ser utilizados na montagem do jardim vertical pode ser considerada outra vantagem desse tipo de estrutura. Um bom trabalho de decoração pode transformá-lo em um excelente elemento estético, devidamente alinhado com a arquitetura do imóvel.

Confira algumas dicas sobre como montar corretamente os jardins verticais:

Analise o melhor local para o jardim vertical

Praticamente qualquer espaço disponível no apartamento pode ser utilizado para montar um jardim vertical. Living, quarto e até o banheiro podem receber a estrutura. Porém, é preciso lembrar que a localização influencia no tipo de planta mais adequado e na forma de manutenção do seu jardim.

Em um lugar que recebe bastante iluminação haverá uma espécie específica que melhor se adapta, e que não será a mesma para um ambiente mais úmido, por exemplo. O ideal é que a definição do local seja feita com o auxílio de um decorador, que indicará a forma mais adequada de harmonizar o novo elemento ao ambiente.

Escolha um modelo de estrutura para o jardim

Da mais sofisticada a mais rústica, há diversas maneiras de montar a estrutura que dará forma ao seu jardim vertical. Desde blocos pré-moldados até painéis de fibra de coco podem ser utilizados para sustentar vasos e plantas.

As estruturas em blocos cerâmicos ou de concreto, por exemplo, podem ser fixas na parede ou não. Treliças de metal também podem ser usadas para abrigar o jardim.

Opções mais simples podem ser compostas com a técnica de vasos em meia lua, mais indicada para pequenos espaços. Também dá para usar garrafas pet amarradas com cordas de varal, como estas criadas pelo arquiteto Marcelo Rosenbaum.

Escolha a planta de acordo com o local

Para escolher o tipo de planta mais indicado para o seu jardim vertical é preciso considerar variáveis como a iluminação e o clima. Além disso, é necessário avaliar quanto de peso a estrutura suporta para verificar a espécie mais adequada.

Aquelas com raízes superficiais são mais facilmente adaptáveis aos jardins verticais, já que, via de regra, ficarão em vasos menores. Elas necessitam de menos terra. Mas se a estrutura montada foi maior, com mais capacidade de peso, não há grandes limitações quanto ao porte da planta.

Planeje a manutenção do jardim vertical

As plantas em um jardim vertical necessitam dos mesmos cuidados daquelas plantadas em qualquer outro lugar. Devem ser regadas e adubadas de acordo com a espécie e receber iluminação compatível com o seu crescimento.

É importante ficar atento ao possível acúmulo de água e apodrecimento das folhas, o que pode atrair insetos.

Essas são as principais dicas e cuidados que se deve observar na hora de montar jardins verticais. Trata-se de uma alternativa elegante para levar mais verde ao apartamento, valorizando-o e tornando-o mais aconchegante.

Lembre-se de consultar um bom decorador para que suas plantas harmonizem com o restante do imóvel. Caso você não saiba como escolher um bom decorador, veja nossas dicas para encontrar um bom profissional!

Inscreva-se em nossa newsletter!

E receba promocões e novidades do mercado de ímovel no seu email

Central de Vendas
(65) 3627.5555
Assessoria de Imprensa
(65) 3056.7280
Locação
(65) 3056.7219