Área do Corretor

Faça seu login com as suas credenciais.

Informe seu contato

Verifique o preenchimento dos campos destacados
Sua mensagem foi enviada com sucesso.

Blog

24 de março de 2014

Crédito imobiliário deve crescer 15% e chegar a R$ 126 bi em 2014

Os juros baixos, prazos de amortização longos e as baixas taxas de desemprego. São fatores assim que ajudam a explicar o aumento do crédito imobiliário no Brasil.

Segundo dados da Associação Brasileira das Entidades de Credito Imobiliário e Poupança (Abecip), o volume movimentado nos financiamentos para pessoas físicas e jurídicas cresceu quase 33% em 2013, atingindo a marca recorde de R$ 109,2 bilhões.

Este ano, porém, o setor deverá ter um crescimento mais moderado, da ordem de 15%, chegando ao total de R$ 126 bilhões.

Octavio de Lazari Junior, presidente da Abecip, conta que no ano passado as expectativas dos analistas eram semelhantes.”A inflação e a taxa de juros apresentavam tendência de crescimento no início de 2013, enquanto o PIB dava sinais de que não avançaria num ritmo forte”, lembra o dirigente. “Diante desse cenário, esperávamos um crescimento entre 15% e 20%.”

Para o presidente da Abecip, fatores como a expectativa de manutenção dos empregos e o aumento real da renda dos trabalhadores contribuíram para o forte desempenho do setor de crédito imobiliário no ano passado.

“No início de 2013 estávamos céticos quanto à possibilidade de quebrar a barreira dos R$ 100 bilhões. Mas o mercado, incluindo governo, bancos, incorporadoras, construtoras e consumidores, respondeu muito bem”, conclui Lazari Junior.

 

FONTE: O Estado de S.Paulo

Inscreva-se em nossa newsletter!

E receba promocões e novidades do mercado de ímovel no seu email

Central de Vendas
(65) 3627.5555
Assessoria de Imprensa
(65) 3056.7280
Locação
(65) 3056.7219