Área do Corretor

Faça seu login com as suas credenciais.

Blog

20 de fevereiro de 2019

Cuiabá Cidade Verde: descubra por que Cuiabá recebeu esta denominação

Muita gente considera o contato com a natureza um pré-requisito indispensável para a qualidade de vida. Mesmo morando em uma grande cidade, as pessoas não abrem mão da proximidade com o verde.

Para quem mora na capital do Mato Grosso, este estilo de vida é perfeitamente compatível com a rotina de uma grande metrópole. O título de Cuiabá Cidade Verde, que a cidade ostenta, é a garantia de que é possível viver em harmonia com a natureza.

Confira neste post por que a cidade recebeu esta distinção que a acompanha há décadas e saiba como aproveitar melhor o verde e a natureza exuberante da região.

Origem do nome Cuiabá

Com origem ligada às expedições de bandeirantes em busca de ouro, Cuiabá recebeu diversas denominações ao longo de sua história. O primeiro explorador a chegar à região, Manuel Bicudo, batizou-a de Povoado de São Gonçalo. Foi Pascoal Moreira Cabral quem primeiro designou o lugarejo como Cuiabá. Posteriormente, passou-se a utilizar Vila Real do Senhor Bom Jesus de Cuiabá.

Foi em 1835, quando elevada à condição de cidade, que o nome atual se estabeleceu. A origem do termo Cuiabá tem diferentes explicações. Seria uma referência a uma antiga tribo indígena que habitava a região ou a um tipo de utensílio utilizado pelos nativos, chamado de cuia.

Uma terceira possível origem remete o nome a um termo oriundo da língua guarani, cujo significado seria “lontra brilhante”.

Título de cidade verde

Foi uma das mais renomadas personalidades da sociedade de Cuiabá quem utilizou pela primeira vez o termo cidade verde para referir-se à capital do Mato Grosso. Primeiro mato-grossense a ingressar na Academia Brasileira de Letras, Francisco de Aquino Corrêa foi arcebispo de Cuiabá e também governador do Mato Grosso.

Em seus Poemas, Dom Aquino chamou a capital do estado de cidade verde devido à sua vasta arborização e por seus diversos quintais com fartura de árvores frutíferas, ainda nas primeiras décadas do século XX.

Cercada de natureza

Do ponto de vista da natureza, Cuiabá é realmente uma cidade privilegiada. Seus moradores têm, a poucas horas de viagem, dois dos mais fascinantes ecossistemas brasileiros: o Pantanal Mato-Grossense e a Chapada dos Guimarães. Conheça um pouco de cada um deles.

Pantanal

Ligação entre as duas principais bacias hidrográficas da América do Sul, a Amazônica e a do Prata, o Complexo do Pantanal funciona com um corredor de dispersão para milhares de espécies da fauna e flora.

São 210 mil quilômetros quadrados de área, mais de 70% em território brasileiro. A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) estima em mais de 2 mil o número de espécies de plantas vivendo no Pantanal, além de 582 de aves e 269 de peixes

Esta variedade da natureza é sustentada pelo regime de chuvas da região. Durante, pelo menos, quatro meses, entre novembro e fevereiro, parte do Pantanal fica inundada, o que influencia diretamente no comportamento de todo o ecossistema.

Nas últimas décadas, o turismo se desenvolveu com força no Pantanal, atraindo pessoas de todo o mundo em busca de contato com a natureza e aventura. Durante o período de seca, entre abril e setembro, os turistas buscam a região para observar os animais da fauna local.

Já entre março e outubro, a pesca é permitida na região. Outra atividade bastante procurada são as expedições à noite, quando é possível observar os animais de hábitos noturnos que vivem no Pantanal. Podem ser avistados jacarés, capivaras, jaguatiricas e até onças-pintadas durante estes passeios.

Chapada dos Guimarães

Localizada a cerca de 70 km de Cuiabá, a Chapada dos Guimarães impressiona por sua suntuosidade. A paisagem é formada por enormes paredões de arenito em tonalidades vermelhas e laranjas.

Criado na década de 1980, o Parque Nacional Chapada dos Guimarães tem 330 quilômetros de área e é considerado Patrimônio Natural da Humanidade. O acesso ao parque é gratuito, mas necessita ser previamente agendado, pois depende do acompanhamento de guias.

A Chapada dos Guimarães não se limita aos paredões de arenito. Cachoeiras, cânions, piscinas naturais e pinturas rupestres dão um ar paradisíaco a esta região do Cerrado. Mirantes naturais permitem uma visão privilegiada de toda a região. Nos dias claros, é possível avistar desde o Pantanal até Cuiabá.

Com 86 metros de queda d’água, a Cachoeira Véu de Noiva é uma das atrações de maior sucesso no parque. A Cidade de Pedra, um conjunto de rochas pontiagudas que lembram castelos, também atrai um grande número de visitantes.

O perfil dos turistas que visitam a Chapada dos Guimarães é bastante variado. O parque recebe desde aventureiros em busca de trilhas, que são percorridas a pé ou de bicicleta, até esotéricos, que acreditam no poder místico da região.

Atrações de Cuiabá

Para quem curte a vida perto do verde, Cuiabá oferece diversas opções de passeios e visitas. Além do Complexo do Pantanal e do Parque Nacional Chapada dos Guimarães, há outras opções de programas na cidade para aproveitar a natureza. Conheça algumas delas.

Parque Mãe Bonifácia

Uma pequena floresta preservada em Cuiabá, o Parque Mãe Bonifácia tem 77 hectares de área. Localizado no bairro Duque de Caxias, o espaço conta com trilhas para quem não abre mão de uma caminhada ou de uma corrida. O parque também conta com uma ampla estrutura para a prática de esportes.

Entre as atrações do parque estão mirante, concha acústica e playgrounds. O Mãe Bonifácia é uma ótima opção para a observação da fauna e flora do Cerrado sem que se precise sair da cidade.

Museu da Pré-História Casa Dom Aquino

Instalado no local onde nasceu Dom Aquino Corrêa, o Museu da Pré-História possui um acervo com materiais que datam do período paleolítico. Também reúne louças portuguesas e cerâmicas pré-históricas. O museu abriga ainda o Instituto Ecossistemas e Populações Tradicionais.

Estas são as características que renderam a capital mato-grossense o título de Cuiabá Cidade Verde, um reconhecimento a sua localização privilegiada, junto a dois dos mais importantes biomas da América do Sul, além da preservação das áreas verdes em seu desenvolvimento urbano.

E você, aproveita o contato com a natureza que Cuiabá propicia? Então, que tal compartilhar este post com seus contatos em suas redes sociais para que seus amigos também conheçam a natureza da região?

Inscreva-se em nossa newsletter!

E receba promocões e novidades do mercado de ímovel no seu email

Ligamos
para você
Central de Vendas
(65) 3627.5555
Assessoria de Imprensa
(65) 3056.7280
Locação
(65) 3056.7219