Área do Corretor

Faça seu login com as suas credenciais.

Informe seu contato

Verifique o preenchimento dos campos destacados
Sua mensagem foi enviada com sucesso.

Blog

17 de agosto de 2012

Aprenda a decorar e mobiliar um apartamento novo gastando pouco

Quem casa, quer casa. É difícil conhecer alguém que não conheça esse ditado. No entanto, apesar de quererem, não são todos os recém-casados que conseguem comprar, logo de início, uma casa ampla. Se você se enquadra no grupo de casais que vai, ou já comprou uma casa ou apartamento pequeno, a coordenadora do Curso de Design de Interiores do Campus Tijuca da UVA, Nara Iwata, tem valiosas dicas para dar. Muitos casais optam por comprar um apartamento pequeno em função do preço e da comodidade.

 

Contudo, não basta comprar o imóvel, é preciso mobiliá-lo. E nem sempre há dinheiro sobrando para isso. Para quem está passando por esse problema, a designer tem uma boa dica. “Fuja da ideia pré-concebida de que o caminho é comprar tudo novo. Móveis antigos – do apartamento anterior, de um parente ou comprado em brechó – podem ser reaproveitados e atualizados criando uma decoração personalizada”, ensina. Outra grande dúvida é a quantidade de móveis.

 

Nara Iwata diz que o ideal é que não sejam muitos, para que as pessoas possam circular com facilidade. “Também pode-se usar móveis versáteis, como um puff que sirva para colocar os pés quando estiver no sofá assistindo TV ou como mesa para apoiar copos quando receber os amigos”, explica. Além de dar personalidade ao espaço, a escolha correta da cor é um passo importante para dar a impressão de que o espaço foi ampliado. Segundo a designer, as cores mais claras refletem mais a luz e dão uma sensação de amplitude. Mas ela faz uma ressalva. “Isso não significa que o apartamento pequeno deva ser todo branco, pelo contrário. Uma boa solução é usar as cores mais claras na base – paredes, piso, teto, moveis maiores – e deixar as cores para os detalhes”, conta.

 

O piso também pode colaborar para dar a sensação de ampliar o ambiente. De acordo com a professora da UVA, quando os diferentes ambientes possuem um mesmo piso, “isso dá uma sensação visual de continuidade que amplia o espaço”. Ela conta que existem soluções baratas e práticas para quem quer ter a sensação de um apartamento mais amplo sem ter que recorrer a obras. “Hoje, existem soluções como pisos flutuantes de madeira e cerâmica ou porcelanato que muitas vezes podem ser instalados sobre o piso existente reduzindo o custo e quebra-quebra”, diz. Agora, basta seguir à risca as dicas dadas pela designer Nara Iwata e entrar pela porta da frente do seu apartamento novo dizendo para seu marido ou mulher, “enfim, sós”.

Inscreva-se em nossa newsletter!

E receba promocões e novidades do mercado de ímovel no seu email

Central de Vendas
(65) 3627.5555
Assessoria de Imprensa
(65) 3056.7280
Locação
(65) 3056.7219