Área do Corretor

Faça seu login com as suas credenciais.

Blog

27 de junho de 2018

O que considerar na hora de comprar um apartamento de luxo?

Comprar apartamento é muito mais do que uma nova aquisição. É uma compra que carrega uma série de desejos, sonhos e expectativas. Afinal, uma nova morada é sinônimo de um novo espaço para viver novas experiências e proporcionar à família um ambiente confortável e adequado para as suas necessidades.

Apesar disso, é preciso considerar que essa é uma aquisição importante e que fará parte da rotina familiar por um longo período. Assim, se faz necessário avaliar uma série de aspectos antes de tomar a decisão final. Elementos esses que vão do planejamento financeiro até a escolha da melhor construtora.

Para ajudar você a acertar na escolha, neste post, vamos abordar o que deve ser considerado na hora de comprar um apartamento de luxo. Continue a leitura e prepare-se para encontrar o imóvel dos seus sonhos!

Qual a importância do planejamento financeiro?

O objetivo inicial é verificar a situação financeira da família e elaborar, se necessário, uma estratégia que permitirá atingir a meta definida (a compra de um imóvel, nesse caso). De um lado, o objetivo. De outro, a situação financeira.

O segredo, portanto, é equilibrar os dois lados de forma que o orçamento não seja um empecilho para a aquisição do imóvel dos sonhos. Com um bom planejamento, é possível estabelecer quanto poderá ser gasto e, consequentemente, direcionar o processo de compra.

Além disso, é possível estabelecer metas que, quando alcançadas, permitirão a aquisição do apartamento desejado. Não sabe como fazer? Não tem problema! Confira abaixo por onde começar.

Análise da situação financeira

Fundamental para evitar imprevistos financeiros, essa análise permite identificar a quantia disponível para investir na compra do imóvel. Uma maneira de entender e organizar os ganhos e gastos mensais é utilizando uma planilha. Para quem deseja ainda mais praticidade, a boa notícia é que existem diversos aplicativos que facilitam a organização dessas informações.

A vantagem de fazer isso é que, assim, é possível conhecer melhor onde o dinheiro da família está sendo investido, bem como a quantia que pode ser economizada mensalmente para a aquisição do bem. É nesse momento que entram as metas.

Por exemplo, a família percebeu que falta pouco para conseguir fazer a compra à vista e que esse dinheiro pode ser obtido se uma determinada quantia for economizada em poucos meses. A meta, nesse caso, pode ser a redução de alguns gastos desnecessários.

O benefício do planejamento financeiro é exatamente este: permitir criar estratégias para que o imóvel que corresponde às expectativas da família seja o adquirido e que essa aquisição não comprometa o orçamento.

Formas de pagamento

As três principais são aquisição à vista, consórcio imobiliário e financiamento. Na maioria das vezes, a escolha da melhor alternativa é feita com base na realidade orçamentária, ou seja, a partir do que foi identificado no planejamento financeiro. Veja os detalhes dessas possibilidades abaixo.

Compra à vista

Considerada a melhor opção por diversos especialistas, é uma alternativa que carrega de fato diversas vantagens. Entre elas, está uma maior possibilidade de negociação, o que pode representar um desconto razoável no valor total do imóvel.

Entretanto, é preciso avaliar se não é melhor aplicar o dinheiro em algum investimento cujo retorno mensal seja suficiente para pagar as prestações. Essa ação permitirá manter uma reserva financeira e ainda destinar uma quantia para outros gastos que sempre acompanham a aquisição de um apartamento.

Consórcio imobiliário

Regulamentada pelo Banco Central, essa modalidade é uma boa escolha, em especial, para quem não precisa do apartamento imediatamente. O interessado na compra adquire cotas e passa a pagar prestações mensais. Embora essas parcelas não tenham juros, o valor total engloba uma taxa referente ao fundo de reserva e taxa de administração.

Mensalmente, são realizados sorteios, por meio dos quais vem a contemplação. No entanto, essa não é a única forma de ser contemplado. A oferta de lances funciona como um adiantamento do valor que ainda resta. Os três principais tipos são lance fixo, livre e embutido.

Financiamento

Nessa forma de pagamento, o banco concede um valor para que o comprador consiga adquirir o imóvel desejado. Essa quantia é liberada mediante condições previstas em contrato.

Mensalmente, portanto, é feito um pagamento ao banco referente à amortização da dívida. Nesse valor, além da quantia emprestada, estão inclusos os juros da operação e as taxas de administração. São exatamente esses elementos que nos levam à outra questão: os tipos de financiamento.

No Brasil, são três: Tabela Price, SAC (Sistema de Amortização Constante) e SACRE (Sistema de Amortização Crescente). Cada um dos modelos tem suas particularidades, bem como vantagens e desvantagens. É preciso, portanto, avaliar todas as alternativas e ver qual se encaixa melhor em cada caso.

Uso do FGTS

Quando o assunto é a compra de um imóvel, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço pode ser utilizado de três formas diferentes:

  • para compra e construção, como valor total ou parcial;
  • para amortizar ou liquidar o saldo devedor, seja para quitar total ou parcialmente a dívida;
  • para pagar prestações. Nesse caso é possível utilizar o recurso para reduzir o valor das parcelas.

Obviamente, existem alguns requisitos para que esse dinheiro possa ser utilizado. Apesar disso, é um ótimo aliado para quem deseja comprar apartamento.

Comprar apartamento pronto ou na planta?

Essa é uma das dúvidas mais recorrentes na vida de quem está pensando em comprar um imóvel. Cada uma das opções apresenta os seus prós e contras. Tendo isso em vista, cabe a cada família decidir qual delas melhor atende aos desejos e necessidades dos futuros moradores. Não faz ideia de como essa diferença se revela na prática? É só continuar a leitura!

Documentação

Certamente, você já se deu conta da quantidade de papéis exigidos para a aquisição de um imóvel. Quanto a essa parte burocrática, as duas opções de compra apresentam algumas características relevantes.

Ao comprar um apartamento na planta, por exemplo, a chance de enfrentar problemas com a documentação é mínima. Para facilitar o entendimento, basta pensar na compra de um carro zero — não é um processo mais simples se comparado com um carro usado? Basicamente, o processo envolve apenas o proprietário e a construtora. Ou seja, não há terceiros envolvidos, como proprietários anteriores e cartório.

Um imóvel pronto, por sua vez, pode apresentar complicações, como registros incompletos e atrasos no pagamento de impostos e taxas. Isso tudo porque a documentação solicitada é maior e o processo não é apenas entre a construtora e o proprietário. Obviamente, isso não é uma regra e existem formas de averiguar essas questões antes da compra.

Investimento inicial

Na maioria dos casos, o valor do imóvel na planta é inferior ao do imóvel pronto. Além de mais barato, a possibilidade de negociação também é maior, especialmente, no que diz respeito ao valor da entrada e das parcelas intermediárias.

Para entender o outro lado, basta pensar no valor exigido de entrada para o financiamento de um apartamento pronto: cerca de 30% a 40% do valor total. Ou seja, é preciso ter uma reserva financeira maior para investir nessa opção.

Customização

Sem dúvidas, a customização de um apartamento na planta é mais flexível, pois permite escolher previamente detalhes como acabamento e instalações. Em alguns casos, é possível planejar e executar reformas maiores, como remover ou construir uma parede, ou fazer uma cozinha americana.

Embora a parte decorativa seja mais simples nesses casos, não significa que o imóvel pronto não permita tais modificações. A diferença é que o espaço já tem uma estrutura e será necessário buscar uma mão de obra a fim de que as adequações necessárias sejam realizadas.

Valorização do imóvel

Ao tocar nesse assunto, o apartamento na planta sempre é entendido como mais vantajoso. O motivo para essa valorização? Basicamente, são dois: a oferta de unidades e os custos de manutenção.

Pense no déficit de imóveis que o Brasil apresenta e pense na possibilidade de melhora da situação financeira, estimulada pelo aumento de vagas de emprego e queda da Selic. Diante desse cenário, a busca por imóveis aumenta. Por outro lado, os lançamentos tendem a reduzir conforme os anos passam. Em poucas palavras, muitas pessoas procurarão um imóvel e poucos imóveis serão lançados.

Os custos de manutenção se referem aos valores que vão surgindo para solucionar questões decorrentes do próprio tempo de uso. Ou seja, não existem quando se trata de um apartamento na planta.

Por que a localização do imóvel é importante?

Com exceção de alguns casos bem específicos, ninguém compra um apartamento pensando em se mudar. Sendo assim, ao escolher um novo lar, a questão vai muito além da compra de um imóvel, pois é uma aquisição que impacta diretamente a rotina da família.

O ideal nesse sentido é avaliar a localização antes de concluir a compra. Aliás, antes disso pode ser interessante conversar com a família e identificar quais são as principais necessidades. Essa ação pode ajudar a entender o que é indispensável ter próximo ao novo lar.

Não sabe por onde começar? Então, confira alguns detalhes para prestar bastante atenção nesse momento!

Mobilidade

Esse é um fator que ajuda a filtrar muitas das opções de compra. Para utilizá-lo como base para sustentar a escolha ao comprar apartamento, basta pensar nos espaços mais frequentados. Na lista, podem entrar os seguintes exemplos: escola, casa de parentes e amigos, trabalho, shopping, mercados, hospitais, farmácias, postos de combustível, entre outros.

Feita essa lista, é o momento de levar em consideração o transporte. Como é o trânsito para ir e voltar desses lugares? Quais são as outras opções de transporte? São de fácil acesso? Por mais que a família possua transporte próprio, é importante pensar que, eventualmente, alguém pode precisar de metrô ou ônibus — uma visita, por exemplo.

O segredo é imaginar o dia a dia familiar no novo espaço. Essa atitude vai esclarecer muitas necessidades que são essenciais para todos.

Segurança

Morar em um lugar seguro é, ao mesmo tempo, um dos maiores desejos e uma das maiores dificuldades enfrentadas atualmente. Isso acontece porque o índice de violência vem aumentando cada dia mais nas cidades. Para garantir uma moradia tranquila, verifique o histórico de violência do bairro em questão. Caso não encontre, conversar com os moradores é uma boa saída.

Verifique também como funcionam os serviços de segurança pública ou privada no bairro. Monitoramento por câmeras, guarda municipal e serviços privados de vigilância são fatores que contribuem para a segurança dos moradores e, consequentemente, para o estilo de vida que pode ser adotado. É interessante saber se existe a possibilidade de sair tranquilamente com as crianças para uma caminhada no fim do dia, por exemplo.

Conveniência

Ter bons restaurantes, padarias, farmácias e lojas por perto é um ponto importante para quem deseja mais qualidade de vida na nova casa. Escolher uma localização que oferece os serviços mais utilizados pelo núcleo familiar é um dos segredos para ter mais praticidade no dia a dia e reduzir o tempo no trânsito.

Para além dessas opções comerciais, verificar a proximidade de escolas também é fundamental para quem tem filhos pequenos. Afinal, o tempo desperdiçado na locomoção para levar e buscar as crianças contribui para o desenvolvimento de muitos quadros de estresse.

Pense também nas demais atividades diárias. Se alguém da família pratica ou pretende praticar algum exercício físico, quais são as possibilidades? Existe alguma academia ou parque próximo? Esses detalhes contribuem para o bem-estar dos moradores.

Por fim, lembre-se: construções incluídas na categoria de luxo têm como característica uma excelente localização, o que facilita o acesso aos diferentes serviços, para além dos disponíveis no empreendimento. Em outras palavras, é indispensável encontrar uma boa infraestrutura tanto no imóvel quanto ao redor dele.

O que considerar na pesquisa de apartamentos de luxo?

Depois de cuidar do planejamento financeiro, de sanar as dúvidas quanto à escolha do apartamento pronto ou na planta e entender a localização ideal, o próximo passo é saber como direcionar a pesquisa dos imóveis.

Feito um estudo das necessidades e das condições, a família define que o imóvel ideal se enquadra na categoria apartamentos de luxo. E agora? Por onde começar? É normal ficar perdido em meio a tantas possibilidades e informações. Em razão disso, separamos alguns tópicos para ajudar nesse processo. Acompanhe!

Projeto arquitetônico

Os imóveis de alto padrão têm como uma de suas características uma arquitetura diferenciada, a qual se destaca por apresentar toques de sofisticação e também pela exclusividade. Caso seja do interesse do futuro proprietário, existem opções que contam com a assinatura de arquitetos reconhecidos. Aliás, isso agrega muito valor ao patrimônio adquirido.

É importante que o projeto arquitetônico atenda às necessidades da família (no caso de um imóvel pronto) ou que seja criado a partir delas (no caso de imóveis na planta). De modo geral, o espaço apresenta uma estrutura de planejamento inteligente e uma beleza única.

Estrutura do imóvel

Como a estrutura deve proporcionar conforto aos moradores, é fundamental que ela seja otimizada. Imagine, por exemplo, uma casa com um banheiro extremamente pequeno. Será que uma família que vive nesse ambiente experimenta tal sensação? Certamente, não.

Assim, uma das principais características de um imóvel de luxo é a amplitude. Na verdade, o espaço e a disposição complementam um ao outro. Afinal, não adianta ter cômodos enormes e sem funcionalidade. É tudo uma questão de planejamento. Os ambientes devem ser bem aproveitados, dispostos e, acima de tudo, precisam favorecer o surgimento de sensações como o conforto, promovendo uma boa qualidade de vida.

Vale lembrar que, para que isso tudo seja possível, o imóvel é pensado antes mesmo da construção. Ou seja, na fase de planejamento da planta, essas já são questões relevantes.

Andar

A exclusividade de um apartamento por andar é outra característica importante as construções de luxo. Isso está fortemente ligado à privacidade, aspecto valorizado por tantas pessoas e, em muitos casos, presente também no elevador — que costuma ser privativo.

Quanto ao andar, a escolha diz respeito a uma questão individual de cada comprador. Até porque apartamentos de luxo são cercados de outros que seguem a mesma linha. Sendo assim, basta escolher o andar (ou ainda a cobertura ou térreo) que melhor corresponde ao desejo da família.

Área de lazer

Comprar apartamento de luxo é investir em mais comodidade e qualidade de vida. Como é um projeto desenvolvido para pessoas exigentes, existe uma estrutura completa à disposição.

Por isso, enquanto estiver pesquisando por imóveis, verifique o que existe tanto no apartamento em si quanto no empreendimento como um todo. Sala de cinema, piscina aquecida, academia completa, sauna e centro de beleza são alguns dos atrativos que estão disponíveis para quem faz a compra.

Ter essa área de lazer disponível por perto é fundamental para quem deseja qualidade de vida sem precisar sair de casa para acessar os respectivos serviços.

Número de garagens

Em relação às vagas na garagem, os apartamentos de luxo também apresentam vantagens. Isso acontece porque a estrutura permite a construção de mais de uma vaga por unidade.

Valor por m²

O valor do m² de um apartamento de luxo é superior ao de um apartamento normal. No entanto, é um imóvel construído e mobiliado com materiais de excelente qualidade, o que faz com que ele se valorize cada vez mais, fato esse que é resultado também de toda a infraestrutura envolvida.

Como escolher uma construtora?

Escolher uma boa construtora é tão importante quanto escolher o imóvel. Não por acaso, uma boa escolha tem a capacidade de fazer com que o processo flua com mais tranquilidade e sem grandes preocupações para quem vai comprar apartamento. Continue a leitura e descubra o que deve ser considerado ao tomar essa decisão.

Histórico

Conhecer o histórico da empresa é essencial. Para isso, faça uma pesquisa na Internet e verifique se existem reclamações ou notícias negativas na mídia. É um investimento alto, logo, é preciso ter uma construtora séria e competente ao seu lado.

É possível direcionar a pesquisa sobre a empresa para a atuação dela no mercado. Busque descobrir se a marca em questão tem certificações e premiações. Converse também com antigos clientes para entender como se estabelece a relação entre cliente e empresa.

Relevância no mercado

Analise a construtora em questão como um todo. Como ela se posiciona no mercado? Qual é o seu diferencial? Aspectos como ética, pontualidade, inovação e um relacionamento próximo com os clientes são importantes e podem fazer a diferença na transação.

Avalie também o tempo de mercado da marca. Empresas que prestam serviço de má qualidade não permanecem ativas por muito tempo. Assim, o tempo é um bom indicativo de confiabilidade e não deve ser desconsiderado.

Portfólio

Conhecer outras obras da construtora é importante por dois motivos: para saber se ela tem um perfil coerente com o que é esperado para o imóvel e para ter mais uma fonte de referência. Se possível, busque visitar obras prontas e em andamento.

Essa pesquisa também pode ser feita pela Internet, já que a maioria das construtoras tem páginas atualizadas. Ou seja, é uma alternativa para quem não tem muito tempo sobrando para visitas.

Taxa de obras entregues

Essa taxa permite conhecer o percentual de atraso e também o nível de transparência da empresa. Além disso, revela o comprometimento com os prazos estabelecidos.

Qualidade de atendimento

O contato com a empresa começa com a procura pelo imóvel e finaliza após a entrega das chaves. Um tempo considerável passa entre o primeiro e o último contato. E, nesse período, é essencial ter ao lado uma empresa que esteja disponível diante de dúvidas e imprevistos.

Isso justifica a necessidade de uma boa escolha, pois é preciso estabelecer um vínculo com a construtora contratada, o que só é possível se a empresa preza por uma boa relação com os clientes. Considere, portanto, o atendimento oferecido — tanto pessoalmente quanto por telefone ou e-mail.

Comprar apartamento é uma tarefa um tanto desafiadora. Diante de tantas possibilidades, é normal ficar perdido, especialmente, quando se trata de um imóvel de luxo. Como vimos, é um processo em que a atenção do comprador precisa estar dividida entre planejamento, escolha do imóvel ideal, escolha da construtora e muitos outros passos. Resumindo: são muitos aspectos a serem considerados.

Está pensando em comprar um apartamento de luxo? Então, entre em contato conosco e saiba como podemos tornar esse processo muito mais tranquilo e com menos preocupações!

Inscreva-se em nossa newsletter!

E receba promocões e novidades do mercado de ímovel no seu email

Ligamos
para você
Central de Vendas
(65) 3627.5555
Assessoria de Imprensa
(65) 3056.7280
Locação
(65) 3056.7219