Área do Corretor

Faça seu login com as suas credenciais.

Informe seu contato

Verifique o preenchimento dos campos destacados
Sua mensagem foi enviada com sucesso.

Blog

12 de fevereiro de 2014

Governo inícia obra de revitalização da Salgadeira

O governo do Estado por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento do Turismo (Sedtur/MT) deu início à obra de revitalização do Complexo Turístico da Salgadeira, que fica localizado na estrada que liga Cuiabá ao município de Chapada dos Guimarães.

Além de recuperar toda a área degradada, está previsto para ser construído no local um estacionamento para 85 vagas, centro de interpretação do turista, restaurantes, Posto Policial, loja de artesanato, administração, banheiros/vestiários, auditório, passarela e trilhas com acessibilidade.

O secretário de Turismo, Jairo Pradela, informa que o valor da obra é de R$ 6,3 milhões e a previsão contratual do término são de oito meses. No entanto, Pradela ressalta que já acordou com o Consórcio Salgadeira, que venceu a licitação para a realização da obra, o aumento dos turnos de trabalho para que o Complexo Turístico da Salgadeira seja aberto ao público antes da Copa do Mundo. “Nesta terça-feira (28.01) visitamos a Salgadeira e vimos que é possível acelerar a obra e entregar totalmente ou parte dela no início de junho”, disse Pradela.

Paralelo a obra de revitalização da Salgadeira, a Sedtur e a Secretaria de Estado de Administração (SAD) já analisam um modelo de gestão do complexo turístico. “Já começamos os estudos de viabilidade econômica para posteriormente realizarmos o processo licitatório”, explica o secretário, que assegurou que a Salgadeira continuará sendo um local de lazer, acessível onde a natureza poderá ser contemplada de forma consciente.

Com relação ao uso da Salgadeira para banho, o secretário lembra que o impacto ambiental do uso desordenado da área causou prejuízos e foi o principal motivo que levou o Ministério Público do Estado a interditar o local em setembro de 2010.

“Estamos executando o programa de recuperação de área degradada para evitar que os danos ao meio ambiente não se tornem irreversíveis. Nosso objetivo é promover a gestão desse importante atrativo turístico de Mato Grosso com base na sustentabilidade dos recursos naturais, na manutenção adequada dos espaços, na oferta de acessibilidade, no respeito, na convivência harmônica, na disseminação do conhecimento científico e cultura”, conclui Pradela.

 

FONTE: Assessoria Sedtur/MT

Inscreva-se em nossa newsletter!

E receba promocões e novidades do mercado de ímovel no seu email

Central de Vendas
(65) 3627.5555
Assessoria de Imprensa
(65) 3056.7280
Locação
(65) 3056.7219